HarperCollins
por Dermot Power

“Com a curadoria do artista conceitual Dermot Power e enriquecido pelas ideias extraordinárias de Stuart Craig e da equipe de produção sobre a aventura de fazer esse novo filme, A arte de Animais fantásticos: os crimes de Grindelwald vai levar você em uma jornada eletrizante pelos processos de criação da magia nos cinemas. Uma aventura tão maravilhosa quanto a que Newt, Tina, Queenie e Jacob vivem no Mundo Bruxo.
Em suas páginas deslumbrantes, com centenas de imagens e artes conceituais, complexos modelos dos sets, storyboards e pinturas, impresso em um acabamento suntuoso e ainda com um material colecionável especial, este livro artístico – licenciado oficialmente pela Warner Bros. Consumer Products – garante um banquete visual a todos os leitores, além de uma experiência realmente imersiva para os fãs de Animais fantásticos.”

por Ian Nathan

“Animais fantásticos: os crimes de Grindelwald marca o reencontro dos fãs com o magizoologista Newt Scamander e seus amigos, Tina, Queenie e Jacob, numa viagem saindo de Nova York nos anos 1920, passando por Londres e chegando a Paris, onde o Mundo Bruxo está em perigo, ameaçado pela ascensão de Gellert Grindelwald.
Descubra como o diretor David Yates e o produtor David Heyman levaram aos cinemas o impressionante segundo capítulo da saga Animais fantásticos, a partir do roteiro de J.K. Rowling. Explore a mágica nos bastidores do filme em Luzes, câmera, magia!, e visite incontáveis lugares do Mundo Bruxo nunca antes vistos no cinema.
Escrito de forma emocionante, este livro conta a história por trás das câmeras, desde o roteiro até a chegada às telas de cinema, com os perfis dos personagens principais e declarações reveladoras de J.K. Rowling, Eddie Redmayne, Jude Law e muitos outros. Descubra mais sobre figurinos, criação de sets, maquiagem, efeitos especiais e adereços em seções especiais, abrilhantadas por entrevistas com os vencedores do Oscar David Heyman, David Yates, Stuart Craig, Colleen Atwood e um exército mágico formado por toda a equipe da franquia. Repleto de fotos de tirar o fôlego que ilustram, com todos os detalhes, o processo de produção do filme, este livro é o guia definitivo para os fãs adultos que estão ansiosos pela próxima jornada de Newt, e uma perfeita introdução a Animais fantásticos: os crimes de Grindelwald.

por J. R .R. Tolkien - Editado por Christopher Tolkien

“O conto de Beren e Lúthien foi, ou tornou-se, elemento fundamental na evolução de O Silmarillion, os mitos e lendas da Primeira Era do Mundo concebidos por J. R. R. Tolkien. Um ano após retornar da França e da Batalha do Somme, no final de 1916, ele escreveu o conto.

Essencial à história, e jamais modificado, é o destino que se impõe sobre o amor dos protagonistas: Beren é um homem mortal, enquanto Lúthien é uma elfa imortal. O pai dela, um grande senhor élfico, opõe-se ao relacionamento e, para permitir o casamento com Lúthien, impõe a Beren uma tarefa impossível de ser realizada. É esse o foco central da lenda: a tentativa incrivelmente heroica de Beren e Lúthien de, juntos, roubar uma Silmaril do maior de todos os seres malignos, Melkor, chamado Morgoth, o Sombrio Inimigo do Mundo.
Neste livro, Christopher Tolkien tenta extrair a história de Beren e Lúthien da obra mais abrangente em que está inserida. Contudo, a própria lenda foi se modificando conforme novas associações foram sendo criadas dentro da narrativa maior. A fim de mostrar um pouco do processo pelo qual essa lenda da Terra-média evoluiu ao longo dos anos, ele conta a história nas próprias palavras de seu pai ao fornecer, primeiro, a forma original do texto e, em seguida, passagens em prosa e em verso de textos tardios que ilustram a narrativa à medida que ela muda. Apresentados de forma reunida pela primeira vez, esses textos revelam aspectos da história, tanto em eventos quanto em suas imediações narrativas, que posteriormente se perderam.

Publicado no décimo aniversário do livro mais recente sobre a Terra-média, o best-seller internacional Os Filhos de Húrin, este novo volume também inclui desenhos e pinturas de Alan Lee, que também ilustrou O Senhor dos Anéis e O Hobbit, e que ganhou um Oscar por seu trabalho na trilogia cinematográfica de O Senhor dos Anéis.

por Philip Reeve

“O conto de Beren e Lúthien foi, ou tornou-se, elemento fundamental na evolução de O Silmarillion, os mitos e lendas da Primeira Era do Mundo concebidos por J. R. R. Tolkien. Um ano após retornar da França e da Batalha do Somme, no final de 1916, ele escreveu o conto.

Essencial à história, e jamais modificado, é o destino que se impõe sobre o amor dos protagonistas: Beren é um homem mortal, enquanto Lúthien é uma elfa imortal. O pai dela, um grande senhor élfico, opõe-se ao relacionamento e, para permitir o casamento com Lúthien, impõe a Beren uma tarefa impossível de ser realizada. É esse o foco central da lenda: a tentativa incrivelmente heroica de Beren e Lúthien de, juntos, roubar uma Silmaril do maior de todos os seres malignos, Melkor, chamado Morgoth, o Sombrio Inimigo do Mundo.
Neste livro, Christopher Tolkien tenta extrair a história de Beren e Lúthien da obra mais abrangente em que está inserida. Contudo, a própria lenda foi se modificando conforme novas associações foram sendo criadas dentro da narrativa maior. A fim de mostrar um pouco do processo pelo qual essa lenda da Terra-média evoluiu ao longo dos anos, ele conta a história nas próprias palavras de seu pai ao fornecer, primeiro, a forma original do texto e, em seguida, passagens em prosa e em verso de textos tardios que ilustram a narrativa à medida que ela muda. Apresentados de forma reunida pela primeira vez, esses textos revelam aspectos da história, tanto em eventos quanto em suas imediações narrativas, que posteriormente se perderam.

Publicado no décimo aniversário do livro mais recente sobre a Terra-média, o best-seller internacional Os Filhos de Húrin, este novo volume também inclui desenhos e pinturas de Alan Lee, que também ilustrou O Senhor dos Anéis e O Hobbit, e que ganhou um Oscar por seu trabalho na trilogia cinematográfica de O Senhor dos Anéis.”

por Signe Bergstrom

“Newt, Tina, Queenie e Jacob, os amados heróis de Animais fantásticos e onde habitam, estão de volta! Em Arquivos da magia, uma incrível edição colorida que acompanha o filme Animais fantásticos: os crimes de Grindelwald, os leitores são transportados para os bastidores do universo mágico de J.K. Rowling, por dentro de um olhar exclusivo e encantador em Newt Scamander e seu diverso grupo de notáveis — criaturas e bruxos — ao lado de nomes familiares do universo de Harry Potter, incluindo Alvo Dumbledore e Nicolas Flamel, enquanto eles enfrentam as forças do mal de Gellert Grindelwald, um dos bruxos das trevas mais poderosos do mundo. Repleto de segredos cinematográficos, fotos de bastidores e histórias do elenco e da equipe, este tesouro de memórias apresenta várias reproduções em fac-símile de adereços e outros materiais do filme, conta com alguns efeitos muito especiais, para uma experiência verdadeiramente fantástica.
Licenciado oficialmente pela Warner Bros. Consumer Products e com design de MinaLima — a força criativa por trás da parte gráfica e muitos dos adereços dos filmes de Animais fantásticos e Harry Potter — este compêndio autorizado é um item mágico obrigatório para fãs do mundo da magia e cinéfilos de todas as idades.”